A Linguagem de Programação – Para quem nunca programou – A Semântica

Atualmente ouvimos muito sobre “Web Semântica” e “Código Semântico”, soa até meio estranho, para quem conhece a origem da palavra semântica.

A semântica, é um dos ramos da linguística que estuda a relação entre conteúdo e significado, ocupa-se de identificar o sentido provocado por uma palavra, uma sentença ou um texto quando inseridos em determinado contexto. Ela se dedica a identificar o significado que uma palavra ou um texto assumem, quando inseridos em determinado contexto de interlocução. A efetiva interação entre os envolvidos com o ato comunicativo viabiliza o alcance dos objetivos traçados.

Em outras palavras, a semântica estuda, em uma frase ou palavra, o que ela realmente significa dentro de um determinado contexto, embora não seja nosso foco se aprofundar neste assunto da linguística, não teria como haver entendimento sem um bom exemplo e para exemplificar podemos utilizar alguns ditos populares que seguem:

Ele “Bateu as botas” cedo demais;
Esta roupa custou o “olho da cara”;

Observe que, nos ditos populares acima citados, são utilizadas expressões populares que seu significado no contexto não condiz nada com o seu real significado, por exemplo: “Bateu as Botas” para o contexto significa que a pessoa morreu e “Olho da Cara” significa muito caro.

Ao remetermos isso para o mundo tecnológico, continuamos falando a mesma coisa, ou seja, fazer com que a máquina consiga entender o significado das coisas que existem dentro de nossa aplicação. Parece meio confuso, mas vamos tentar exemplificar isso da forma mais clara.

Ao ouvirmos as frases acima citadas, se não tivermos o conhecimento das expressões populares, com certeza iriamos imaginar que na primeira frase a pessoa em questão efetuou um toque entre os pés calçados por uma bota antes da hora, talvez em uma dança ou uma caminhada, na segunda frase, nossa seria totalmente complicado, pois um desinformado já imaginaria que a pessoa teve que remover os olhos para efetuar o pagamento da roupa. Está começando a entender o sentido da coisa?!

Quando criamos um aplicativo Web o propósito principal é atrair pessoas para ele, colocando-o nas primeiras páginas das pesquisas efetuadas pelas ferramentas de buscas, e é ai que entra a Semântica em nosso projeto tecnológico, se soubermos informar para os mecanismos que efetuam as buscas onde está cada informação e o que cada uma significa de fato, será muito mais fácil e rápido fazê-los encontrar e organizar os resultados. Criar um código semântico nada mais é do que utilizar os comandos certos para cada situação relatada em seu aplicativo web.

A linguagem de programação HTML é uma linguagem de marcação de texto, do qual em um determinado texto que queremos apresentar na tela do Navegador inserimos uma marcação, ou uma “tag” como preferir, para definir como e onde será apresentado tal texto.

Na versão atual do HTML, intitulada de HTML5, os marcadores são praticamente predefinições do que será inserido dentro deles, vamos entender isso olhando para os códigos HTML abaixo:

A inserção de títulos é utilizada a marcação: ‹ h1 › veja o exemplo:

‹h1› Meu título fica aqui ‹/h1›

A inserção de um artigo é utilizada a marcação: ‹article› veja o exemplo:

‹article› O conteúdo de meu artigo fica aqui ‹/article›

A inserção de um menu de opções é utilizado a tag ‹nav›

‹nav›
...
‹/nav›

Observe que na Linguagem HTML5 tudo tem seu devido lugar, e são estas predefinições que tornará o sistema semântico ou não, tudo vai depender de quem estiver escrevendo o código do aplicativo web.

Concluindo, a Semântica é utilizada em Websites com a finalidade de torna-lo visível e bem colocado nas buscas, tais como Google, Cadê, Yahoo entre outros. Além de conhecer os comandos da linguagem é essencial conhecer qual é a finalidade de cada um deles, assim será possível, além de escrever um código limpo e bem organizado, inserir semântica e coerência em sua aplicação.

Ao estudar o HTML se atente, além de conhecer seus comandos, conhecer a real finalidade de cada um deles, qual o impacto na semântica e nos sistemas de busca, isso será o seu grande diferencial dentro da profissão de Web Designer.

Deixe uma resposta